resep masakan

Gestão Escolar

MODALIDADE: Pós-Graduação

DURAÇÃO: 18 meses

CARGA HORÁRIA: 400h


Esta é uma proposta de um curso de especialização em Gestão Escolar no âmbito do Programa Nacional Escola de Gestores da Educação Básica Pública, que integra o Plano de Desenvolvimento da Educação, sob a responsabilidade da Universidade Federal de Ouro Preto. Trata-se de curso de pós-graduação lato sensu voltado para a formação continuada e pós-graduada de dirigentes da educação básica, sobretudo gestores das escolas públicas, a realizar-se por meio da educação a distância.

Este curso insere-se num conjunto de políticas que vêm sendo implementadas pelo setor público, nas esferas federal, estadual e municipal, e que expressam o esforço de governos e da sociedade em garantir o direito da população brasileira à educação escolar com qualidade social.  

O Programa Nacional Escola de Gestores da Educação Básica Pública é componente do Compromisso Todos pela Educação que é um plano de metas que integra o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) e diz respeito à mobilização em torno da melhoria da educação básica no Brasil, contribuindo para a melhoria do IDEB das escolas e dos sistemas de ensino.

Para mais informações acesse o site do curso.

 

 

+ Perfil do Profissional

O Programa surgiu da necessidade de se construir um processo de formação de gestores escolares, que contemple a concepção do caráter público da educação e da busca de sua qualidade social, baseada nos princípios da gestão democrática, olhando a escola na perspectiva da inclusão social e da emancipação humana.

Tem por objetivo contribuir com a formação efetiva de gestores educacionais da escola pública, de modo que disponham de elementos teórico-práticos que viabilizem uma educação escolar básica com qualidade social. Esse Programa é componente do Compromisso Todos pela Educação que é um plano de metas que integra o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) e diz respeito à mobilização em torno da melhoria da educação básica no Brasil, contribuindo para a melhoria do IDEB das escolas e dos sistemas de ensino.

+ Objetivos Gerais

Formar, em nível de pós-graduação lato sensu, especialistas em Gestão Escolar para atuarem nas escolas públicas de Educação Básica do Estado de Minas Gerais, visando à ampliação de suas capacidades de análise e resolução de problemas.

+ Objetivos Específicos

  • Incentivar os gestores a refletir sobre a gestão democrática e a desenvolver práticas colegiadas de gestão no ambiente escolar que favoreçam a formação cidadã do estudante;

  • Propiciar aos gestores oportunidades de lidar com ferramentas tecnológicas que favorecem o trabalho coletivo e a transparência da gestão da escola;

  • Propiciar oportunidades aos gestores para o exercício de práticas inovadoras nos processos de planejamento e avaliação da gestão escolar;

  • Possibilitar aos gestores oportunidades para ampliação de capacidades para: analisar e resolver problemas à luz dos princípios que regem a gestão democrática, elaborar e desenvolver projetos e atividades na área de gestão com o suporte das novas tecnologias de informação e comunicação;

  • Desenvolver uma compreensão pedagógica de gestão democrática, situada nos contextos micro e macro da escola, superando as concepções fragmentadas do processo educacional e contemplando as dimensões da construção e formação como objeto do trabalho pedagógico;

  • Estimular o desenvolvimento de práticas de gestão democrática e de organização do trabalho pedagógico que contribuam para uma aprendizagem efetiva dos alunos, de modo a incidir, progressivamente, na melhoria do desempenho escolar.

+ Metodologia

O curso de especialização ora proposto, por meio da EAD, integrado a um conjunto de ações formativas presenciais, pretende democratizar ainda mais o acesso a novos espaços e ações formativas com vistas ao fortalecimento da escola pública como direito social básico, uma vez que essa modalidade de educação possibilita, dentre outras: maior flexibilidade na organização e desenvolvimento dos estudos; fortalecimento da autonomia intelectual no processo formativo; acesso às novas tecnologias da informação e comunicação; interiorização dos processos formativos garantindo o acesso daqueles que atuam em escolas distantes dos grandes centros urbanos; redução dos custos de formação a médio e longo prazo; criação de infraestrutura adequada nas universidades públicas e de formação de recursos humanos para atuarem com EAD e sua institucionalização no tocante à formação continuada.

+ Estrutura Curricular

Nosso objetivo será certificar em nível de especialização 400 (quatrocentos) diretores e vice-diretores dos municípios mineiros onde o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) esteja entre os mais baixos.

O curso será desenvolvido na modalidade à distância, usando a Internet como meio de comunicação e integração entre os participantes, os professores e para acesso ao material de apoio ao curso especialmente desenvolvido por uma equipe de especialistas. Será dirigido aos Gestores das Escolas Públicas de Educação Básica dos municípios mineiros e a sua proposta pedagógica, estará assentada na relação teoria-prática, que expressa uma concepção de formação humana e de gestão educacional dentro dos marcos da democracia e da cidadania. Busca favorecer melhorias e incentivar inovações na prática cotidiana da gestão escolar que concorram para a elevação qualitativa do padrão de escolaridade da educação básica.  

Esse processo de formação implica apropriação de meios, mecanismos e instrumentos que permitam intervenções mais satisfatórias, do ponto de vista pedagógico, no dia-a-dia escolar, a partir da compreensão dos condicionantes sociopolíticos e econômicos que permeiam a escola. Com esse entendimento, o curso será estruturado em três eixos vinculados entre si:

  1. O direito à educação e a função social da educação básica.
  2. Políticas de educação e a gestão democrática da escola.
  3. Projeto Político-Pedagógico e Práticas Democráticas na Gestão Escolar.

Esses eixos estão consubstanciados em sete “Salas Ambientes”, além de um ambiente introdutório à Plataforma Moodle e ao curso de Especialização:

  • Introdução ao Ambiente Moodle - 40 h
  • Fundamentos do Direito à Educação - 60 h
  • Políticas e Gestão na Educação - 60 h
  • Planejamento e Práticas da Gestão Escolar - 60 h
  • Tópicos Especiais - 30 h
  • Oficinas Tecnológicas - 30 h
  • Projeto Vivencial - 80 h
  • Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) - 40 h

A formação com qualidade dos professores-gestores escolares, em nível de pós-graduação lato-sensu, requer, interligadamente, aprofundamento teórico que permita a compreensão sobre o alcance, as possibilidades e os limites das práticas de gestão nas escolas públicas como instituições que compõem a prática social, aliado à possibilidade de oferecer oportunidades para a reflexão a respeito dos aspectos operacionais que lhes são próprios. Assim, pretende-se, também, que os processos formativos impliquem na apropriação de meios, mecanismos e instrumentos que permitam intervenções mais satisfatórias, do ponto de vista pedagógico, no dia-a-dia escolar, a partir da compreensão dos condicionantes sócio-políticos e econômicos que permeiam a organização escolar.  Com esse entendimento, o curso será estruturado em três eixos vinculados entre si: o direito à educação e a função social da escola básica; políticas de educação e a gestão democrática da escola; Projeto Político Pedagógico e Práticas Democráticas na Gestão Escolar. Esses eixos estão consubstanciados em seis Salas Ambientes, além de um ambiente introdutório à Plataforma Moodle e ao curso de especialização.

O eixo o direito à educação e a função social da escola básica remete aos fundamentos filosóficos, políticos, sociais, culturais e epistemológicos que permitem a apreensão da gestão escolar como expressão da prática social, bem como à tematização da democracia como valor universal na construção histórica de uma sociedade na qual homens e mulheres sejam livres e tenham direitos iguais.  Isto significa, também, problematizar o cotidiano das práticas escolares que não podem estar desvinculadas da teoria e de uma dimensão utópica voltada para a ultrapassagem das desigualdades hoje imperantes. 

Nessa direção, na Sala Ambiente Fundamentos do Direito à Educação, são disponibilizadas atividades de caráter teórico-prático, para proporcionar as condições indispensáveis à reflexão crítica da prática da gestão no cotidiano escolar, estabelecendo os nexos com a dimensão macro-estrutural das políticas educacionais em todos os níveis. As temáticas/atividades desse bloco envolvem:

     a) Direito à Educação: fundamentos históricos e filosóficos
     b) Conhecimento, currículo e cultura escolar

O eixo políticas e gestão na educação possibilitarão a reflexão teórico-prática, norteada por valores democráticos, sobre as políticas de educação e organização dos sistemas de ensino no Brasil permitindo se conhecer o ordenamento jurídico-político no qual se assentam a educação e a escola, bem como os planos, programas, projetos que a elas se vinculam, a partir de uma perspectiva de produção do conhecimento. Espera-se uma postura investigativa que conduza a uma compreensão mais abrangente dos princípios e mecanismos da gestão democrática que implicam ações e decisões participativas e colegiadas, tanto no âmbito das unidades escolares quanto na organização dos sistemas de ensino. Constituem esse bloco as seguintes temáticas/atividades tratadas na Sala Ambiente Políticas e Gestão na Educação:

     a) Política educacional e gestão escolar
     b) Financiamento da educação e a gestão escolar
     c) Gestão democrática da educação escolar e sistemas de ensino

As temáticas e atividades que integram o eixo Planejamento e Práticas na Gestão Escolar propiciarão aos professores-gestores ampliar o conhecimento a respeito de práticas e procedimentos de gestão democrática e a se apropriarem de um instrumental que lhes permita planejar, monitorar e avaliar os processos de execução do Projeto Político-Pedagógico e das políticas educacionais no campo da gestão, de modo a impulsionar a melhoria do desempenho dos estudantes. Os cursistas serão estimulados, ainda, a terem papel ativo no lidar com as tecnologias da informação e comunicação (TICs), de modo a ampliar suas capacidades no trato e na utilização das redes tecnológicas de aprendizagem, tendo em vista qualificar o currículo da escola. As temáticas/atividades que compõem esse bloco ajudarão os cursistas na construção de um projeto de intervenção que favoreça a melhoria da gestão democrática em sua realidade escolar e nos sistemas de ensino. As temáticas/atividades que compõem os tópicos a serem tratados na Sala Ambiente Planejamento e Práticas na Gestão Escolar são:

     a) Avaliação Institucional e da Aprendizagem
     b) Trabalho Pedagógico e Cotidiano Escolar
     c) Telemática, Sistemas de Gestão e Ferramentas Tecnológicas 

Além das Salas Ambientes que integram os três eixos que compõem a estrutura básica do curso, há ainda três outras Salas Ambientes. São Elas: Tópicos Especiais; Oficinas Tecnológicas e Projeto Vivencial.

Sala Ambiente Tópicos Especiais inclui apresentações de palestras e/ou minicursos por especialistas, internos ou externos ao corpo docente do curso, de diversas áreas relacionadas ao tema do curso, aprofunda o seu caráter transdisciplinar e favorece a reflexão sobre a construção de uma proposta/projeto de intervenção que será objeto do Trabalho de Conclusão do Curso. São apresentadas três sugestões de temáticas:

     a) Conselhos Escolares;
     b) Qualidade da Educação Básica;
     c) Saúde na Escola.

Sala Ambiente Oficinas Tecnológicas consiste no suporte tecnológico e no desenvolvimento de aprendizagens relativas à utilização dos diversos recursos das Tecnologias da Informação e Comunicação no campo da gestão da educação.

Sala Ambiente Projeto Vivencial constitui-se em componente curricular articulador do curso. Nesta Sala a atividade central consiste na formulação e desenvolvimento de um projeto de intervenção na escola com estreita vinculação com o Projeto Político-Pedagógico, assumido como mecanismo fundamental para a realização da gestão democrática na educação e na escola. O trabalho do cursista nessa Sala Ambiente se desenvolverá desde o início do curso, articulando-se com as demais Salas Ambientes e culminará no Trabalho de Conclusão do Curso (TCC).

Considerando as especificidades de cada sistema de ensino e de cada escola, a construção e/ou avaliação do Projeto Político-Pedagógico (PPP) envolverá etapas como: fundamentação teórica, sensibilização e mobilização da comunidade, diagnóstico da escola, planejamento, implementação e avaliação do projeto. As situações pedagógicas para (re)elaboração do PPP poderão ser as seguintes: 

  • Na ausência de PPP na escola, desenvolver trabalho para sua elaboração e implementação.
  • Na existência de PPP na escola, se for o caso, promover sua re-elaboração ou desenvolver trabalho de pesquisa e de avaliação crítica sobre o impacto do PPP na realização da gestão democrática na escola e no desempenho escolar.

Além dessas Salas Ambientes haverá, ainda, uma introdução ao Ambiente Virtual (Plataforma Moodle) e ao curso, que consiste em um espaço onde serão desenvolvidas atividades de ambientação dos professores-gestores em relação às ferramentas tecnológicas que serão disponibilizadas durante o processo formativo e forneça uma visão geral do curso. 

Os cursistas apresentarão um trabalho final que será desenvolvido, em equipe (sugere-se a constituição de equipes com no mínimo 03 e no máximo 05 componentes, bem como os participantes de uma mesma escola integrem uma mesma equipe), durante o período de realização do Curso. Essa atividade estará vinculada à Sala Ambiente Projeto Vivencial, cujos docentes responsáveis irão orientar, acompanhar e avaliar o projeto de intervenção desenvolvido pelo cursista na sua escola. Simultaneamente, os cursistas terão acesso às demais Salas Ambientes, cumprindo, de um lado, os requisitos exigidos pelo currículo do Curso e da Universidade, e, de outro lado, tendo acesso a aportes teóricos e metodológicos significativos para a construção e desenvolvimento do seu projeto na escola. 

O resultado dessa ampla vivência deverá ser expresso na elaboração de um Trabalho Final de Conclusão do Curso, tendo por base tanto a (re)elaboração do Projeto Político-Pedagógico que cada cursista desenvolverá em sua escola e a reflexão coletiva da equipe sobre esse trabalho. Dessa forma o Trabalho estará enriquecido para além da sua própria experiência vivencial com contribuições referentes a situações experimentadas nas escolas de seus parceiros de equipe. Esse TCC será apresentado na forma de um relatório circunstanciado crítico-analítico ou um artigo científico dessa experiência. Esse Trabalho será objeto de avaliação final e disponibilizado no Ambiente MOODLE.

+ Formas de avaliação

Considerando os pressupostos, os objetivos, a natureza e a dinamicidade da proposta pedagógica do Curso, as atividades desenvolvidas pelos cursistas serão acompanhadas e avaliadas de modo contínuo pelos professores orientadores, especialistas, assistentes e coordenação. Essa equipe manter-se-á em constante interação visando à troca de informações, à apreciação conjunta das dificuldades e à busca de soluções relacionadas às dificuldades de  cada componente curricular.

De um modo geral, a avaliação dará ênfase ao processo de aprendizagem, assumindo a ótica da investigação. Neste sentido, a avaliação desenvolver-se-á de forma compartilhada  professor orientador/especialista/assistentes/auxiliar/coordenador e cursista, procurando compreender o processo de construção do conhecimento na prática docente. 

Devido à natureza interativa desse processo, o diálogo constituirá base principal da avaliação, cabendo aos orientadores/especialistas a iniciativa de proporcionar os estímulos e incentivos necessários ao desenvolvimento dessa prática pedagógica, respeitando e estimulando o cursista -  parceiro ativo nessa interação.

A avaliação é continuada, visando garantir o desenvolvimento integrado e contínuo das aprendizagens e competências. Para obter aprovação e a respectiva certificação, o aluno deverá cumprir os requisitos estabelecidos, segundo o nível e especificidade do curso: 

Avaliação: Apresentação de trabalho de conclusão de curso a partir de projeto desenvolvido, referente ao Projeto Pedagógico da Escola.

Após o desenvolvimento das disciplinas, o aluno deverá comprovar seu aproveitamento, mediante a realização de avaliações definidas pelo corpo docente responsável pelo módulo, devendo considerar os seguintes instrumentos avaliativos:

  • Trabalhos individuais (produção de textos e reflexões);
  • Trabalhos em grupo ( pesquisas e seminários);
  • Participação nas discussões e sessões de interação síncronas e assíncronas propostas;
  • Avaliação presencial;
  • Trabalho de conclusão de curso (TCC).

Os instrumentos de avaliação do curso estão em sintonia com os princípios definidos e a avaliação final será expressa através de um conceito, de acordo como regimento geral da UFOP. Será considerado aprovado o aluno que obtiver como aproveitamento mínimo o conceito C em cada disciplina; completar as 360 Horas que constituem a carga horária do curso.

Da Presencialidade

Estão previstos três encontros presenciais, um no início e outro no final do Curso, assim discriminados:

  • Primeiro encontro: Introdução ao Curso – 20 horas;
  • Segundo encontro: Formação e avaliação parcial das disciplinas do primeiro bloco – 20 horas;
  • Terceiro encontro: final do curso, contemplando a avaliação das disciplinas do segundo bloco do curso e a entrega da monografia (Trabalho Final de Curso).  

É importante frisar que a aferição relativa aos 75% de “presença” no curso, exigido por lei, será feita via registro/avaliação da participação dos cursistas nas atividades interativas no ambiente em rede colaborativa (fóruns, chats etc), além da efetiva participação nas sessões presenciais.

Os resultados das avaliações deverão ser encaminhados à coordenação do curso, nos prazos estipulados no calendário escolar do curso.

+ Requisitos para Diplomação

Após a integralização curricular e defesa de monografia, seguir as orientações das secretarias dos polos ou da secretaria de cursos de Pós-Graduação para expedição do diploma.

+ Polos Presenciais

Lista de Polos

+ Professores e Assistentes de Turma

Lista de Professores
e Assistentes de Turma

 

 

 

Secretaria de cursos de Pós-Graduação

Luciene Machado

(31) 3559.1461

 

Secretaria Escola de Gestores

Russell Lima Z. Ferreira

(31) 3559.1931

 

Suporte Plataforma Moodle

Russell Lima Z. Ferreira

(31) 3559.1931

 

Supervisão Geral

Russell Lima Z. Ferreira

(31) 3559.1931

 

Supervisão Pedagógica

Camila Carolina Flausino

(31) 3559.1931

 

Coordenação do curso

Prof. Breynner Ricardo de Oliveira

(31) 3559.1446